Home»Trabalhos Acadêmicos»Austeridade fiscal e o financiamento da educação no Brasil

Austeridade fiscal e o financiamento da educação no Brasil

Educação & Sociedade | Pedro Rossi, Ana Luiza Matos Oliveira, Flavio Arantes & Esther Dweek

es_v40_capa

RESUMO:

O objetivo deste artigo é analisar as repercussões da austeridade fiscal no Brasil, em especial no campo do financiamento da educação. Para isso, faz-se inicialmente uma discussão conceitual sobre a austeridade, a sua lógica de funcionamento, seus mitos e os interesses velados por trás dessa concepção de política econômica. Em seguida, mostra-se como a austeridade no Brasil é um projeto de longo prazo instituído pela Emenda Constitucional 95 que repercutirá no financiamento da educação pública tanto pela nova regra do mínimo constitucional quanto pela disputa de recursos com outras áreas sociais. E, por fim, apresentam-se os dados orçamentários recentes que mostram os impactos que a austeridade já tem provocado no campo da educação pública.

Palavras-chave: Austeridade fiscal; Educação pública; Emenda Constitucional 95

 

Artigo na Educação & Sociedade 

Artigo em PDF