Home»Artigos de Opinião»Educação superior brasileira: inclusão interrompida?

Educação superior brasileira: inclusão interrompida?

Ana Luiza Matos Oliveira, Marcio Pochmann e Pedro Rossi | Jornal Nexo

Os dados mostram significativa redução das desigualdades no acesso ao ensino superior no século 21, mas esse processo vem desacelerando. 

É anacrônico o argumento de que a educação superior brasileira serve apenas à elite. Nos últimos anos, observa-se uma “deselitização” dessa etapa e uma convergência entre o perfil do estudante e o perfil médio da população brasileira, o que configura uma democratização do acesso à educação superior, ainda que persistam importantes desigualdades. Mas esse processo pode estar ameaçado pelas atuais políticas para o setor.

VER ARTIGO COMPLETO NO NEXO 

O artigo faz uso dos dados da tese de doutorado de Ana Luiza Matos Oliveira, orientada por Marcio Pochmann e coorientada por mim. Disponível no LINK.

img_0453